4 afirmações que provam que a sua gestão de escala de plantão médico pode melhorar

07/05/2021

Ter uma escala de plantão médico é fundamental para o sucesso de uma clínica e hospital, pois impede que os profissionais fiquem sobrecarregados e auxilia na gestão do empreendimento. Afinal, sabemos que quem trabalha na área da saúde possui uma rotina turbulenta e cansativa, visto que as instituições de saúde não param de funcionar. Além disso, a quantidade de pessoas envolvidas nesses locais é alta para que as demandas consigam ser atendidas, o que dificulta ainda mais esse processo.

 

São 24h por dia, que durante uma semana resultam em 168 horas, e ao final do mês 672 horas. Esse é um tempo precioso que precisa ser organizado de forma minuciosa para que assim, as necessidades dos colaboradores sejam supridas e cada um possa cumprir a sua jornada de trabalho sem que nenhum setor fique desamparado.

 

Assim, ficar responsável pela escala de plantão médico é uma tarefa complexa, pois requer muita atenção e planejamento para não esquecer nenhum detalhe importante. Pensando nisso, listamos 4 afirmações que provam que a sua gestão de escala de plantão médico pode melhorar. Vamos lá?

 

 

Seu planejamento fica sempre para a última hora

 

Não só na área da saúde, mas em todas, um planejamento bem estruturado e organizado é essencial para o sucesso de um negócio. E para gerenciar uma escala de plantão médico essa é uma função chave, pois é praticamente impossível tentar abranger todas as atividades necessárias para realizar um excelente atendimento aos pacientes sem uma escala de plantão médico eficiente.

 

Por isso, é de extrema importância que você não faça esse planejamento às pressas e com um prazo apertado, assim é possível organizar todos os fatores que precisam ser incluídos nesse processo, como, folgas, férias, licença dos plantonistas, imprevistos que possam surgir, entre outros.

 

 

Você não possui substitutos para a escala de plantão

 

Como falamos anteriormente, durante o desenvolvimento do planejamento das escalas de plantão é necessário estar sempre preparado para todos os problemas que possam surgir e consequentemente desestabilizar o fluxo de organização e trabalho das clínicas e hospitais. 

 

Por isso, nas suas escalas de plantão deve conter profissionais substitutos, evitando que caso algum destes não consiga exercer suas funções por alguma razão, você tenha pessoas de sobreaviso para atuarem imediatamente. A falta de substitutos, não apenas demonstra desorganização, como também gera transtornos e prejuízos.

 

 

O desempenho dos profissionais não é analisado

 

Isso mesmo. Analisar o desempenho dos profissionais que atuam na sua clínica e hospital é relevante uma vez que, segundo o código de ética Médica a ausência do médico designado ao plantão, bem como o abandono sem haver um substituto é considerado uma infração.

 

Portanto, o gestor responsável pela escala de plantão deve sempre informar aos profissionais as providências a serem tomadas em caso de falta de um dos plantonistas, bem como, verificar o andamento do trabalho dos médicos. Para isso, alguns pontos devem ser avaliados e servir de indicadores, como, a satisfação dos usuários do serviço, a produtividade no trabalho e o número de pacientes atendidos. Esses dados permitem o aprimoramento das próximas escalas de plantão, uma vez que ajuda a identificar quais processos e profissionais se adequam melhor a cada situação.

 

 

A escala de plantão é feita sem o auxílio da tecnologia

 

Atualmente, devido aos diversos avanços tecnológicos que temos visto na área da saúde, atividades que antes eram feitas manualmente e consumiam horas do nosso dia, já migraram para o universo virtual. Isso inclui, obviamente, as escalas de plantão!

 

E um dos segredos para tornar a rotina da sua clínica ou hospital menos complexa e mais dinâmica e fluida é usufruir de todos os benefícios que as tecnologias são capazes de proporcionar. Elas fazem com que as tarefas se tornem mais fáceis e rápidas de serem realizadas, por meio da automatização de processos repetitivos. Com um software certo é possível planejar e organizar as escalas de plantão em um menor tempo, e obter avaliações precisas, que contribuem para uma gestão assertiva.

 

 

Conheça uma das soluções MedSimples

 

A MedSimples sabe que salvar vidas é mais importante do que se preocupar com inúmeros processos burocráticos, por isso, nossa missão é proporcionar aos profissionais dessa área uma rotina de gestão organizada e descomplicada. Assim, uma das nossas soluções é o 

Gestor de Plantões, onde as escalas médicas podem ser feitas de modo muito prático, reduzindo pela metade as horas gastas em tarefas manuais e os custos administrativos.

 

 

Veja o vídeo que preparamos sobre o Gestor de Plantões

 

 

 

Além disso, em nosso site você encontra muitas outras informações sobre o potencial desta ferramenta e tudo que ela é capaz de fazer pelo seu negócio. Com o Gestor de Plantões MedSimples sua empresa tem acesso a um sistema completo, rápido e totalmente digital onde a escala de plantão é feita em tempo real com cadastro unificado na nuvem.

 

 

Gostou do nosso conteúdo? Acesse também o artigo “Escala médica: Como organizá-la de forma prática, ágil e eficaz” e veja como aprimorar ainda mais a sua escala de plantão.

 

Comentários

Dicas para médicos

Assuntos que fazem a diferença no seu dia a dia